Page tree
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

Pré requisitos

  1. Projeto do tipo mobile ou web criado. Caso haja dúvidas de como criar esse tipo de projeto acesse o link ( Criar novo projeto );
  2. Criar classes no Diagrama, gerar persistência e popular o banco. Para criar classes e gerar persistência acesse o link ( Diagrama ).

Passos

Para esse exemplo vamos criar um agenda simples, utilizando um relacionamento de 1 para N, onde um cliente pode possuir vários telefones. (Figura 1)


Figura 1 - Relacionamento usado nesse exemplo

Criando Bloco de programação

Crie um bloco de programação do lado Servidor. Nesse exemplo, nomeamos o bloco para "WebServiceRest" e uma função "cliente" que recebe o parâmetro identificador do cliente "idC" e retorna os dados desse cliente.

Como a função deve só retornar os dados do banco, configuramos a consulta para enviar direto no retorno da função, passando o parâmetro recebido na função que será informada no endereço da requisição. (Figura 2)


Figura 2 - Configurando o bloco de programação e consulta

Configurando a chamada REST

Após finalizar a lógica da função, clique na engrenagem "Configuração dos tipos de regras" (lado direito/superior) para abrir a janela de "Propriedades do bloco de programação". Nessa janela, os únicos campos que nos interessam para a configuração do REST são os campos descritos abaixo. (Figura 3)

  • Tempo limite: Limite em segundos para a execução. Após o limite, o bloco é finalizado.
  • Tipo: Tipo externo gera REST e tipo interno gera função.
  • Segurança: Abre uma outra janela que nos permite dar autorização de CRUD e Execução a diferentes perfis de segurança.
    Autorize para "Todos" os campos: Permitir Executar e Permitir Obter.


Figura 3 - Configuração da chamada REST


Salve as alterações para que o CronApp gere todas as notações necessárias para as requisições REST com a alteração do campo Tipo como Externo nas Propriedades do Bloco de programação do lado Servidor. (Figura 4) Como vimos, todo esse processo é feito em Low Code ou RAD. 

Figura 4 - Notações REST gerado pelo CronApp ao alterar as propriedades do Bloco

Obter o endereço REST

O modelo da URI REST para esta função está descrita no campo "Rest" (Figura 3): /api/cronapi/rest/blockly.<Nome do arquivo com a função rest>:<Função>[/<Parâmetro 1>[/Parâmetro n]]

Antes do modelo acima, é necessário inserir o domínio do sistema. Como estamos em modo desenvolvimento, precisamos executar a aplicação para verificar o endereço temporário gerado pelo CronApp, como mostrado na Figura 5.

Figura 5 - Domínio de desenvolvimento gerado pelo CronApp


Ao final, o endereço que iremos usar para consumir o recurso é:

https://9-211-10090.debug.ide.cronapp.io/api/cronapi/rest/blockly.WebServiceRest:cliente/<id do Cliente>


Testando o Serviço

Existem diversos aplicações para testar serviços REST: Programas, extensões de navegadores e até sites. Estamos utilizando a aplicação Postman.

Informe o tipo de Verbo ou método HTTP, nesse caso estamos usando GET, o endereço completo e clique em "Send" para retornar o conteúdo referente ao cliente de id = 2, como exibido na Figura 6.


Figura 6 - Teste da requisição em outro sistema


Nesta página

 

  • No labels