Page tree
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

Pré requisitos

  1. Projeto do tipo mobile ou web criado. Caso haja dúvidas de como criar esse tipo de projeto acesse o link ( Criar novo projeto ).

Passos

Clique com o botão direito sobre o nome do projeto e selecione a opção "Importar" no menu, na Janela Importar, selecione a opção SOAP e finalize. (Figura 1)


Figura 1 - Importando um serviço web do tipo SOAP


Importar serviço SOAP

Nesse exemplo usaremos um serviço de consulta a informações de países, disponível gratuitamente no WSDL: http://webservices.oorsprong.org/websamples.countryinfo/CountryInfoService.wso?WSDL

Insira as informações na Janela Importar SOAP e clique em Importar. (Figura 2)

  1. Insira a url do SOAP: Endereço do serviço SOAP. Endereços SOAP terminam com a extensão "?WSDL".

  2. Insira o pacote de destino: Nome do pacote que será criado para armazenar os dados do serviço no projeto.
  3. Gerar API para Blocos: Gera automaticamente os blocos para o desenvolvimento Low code na IDE.
  4. Pacote de destino: Diretório onde receberá o pacote criado do serviço web.

Figura 2 - Dados da importação


Após carregar os dados da URL será exibido os pacotes Maven necessários, clique em Salvar para baixá-los. (Figura 3)

Figura 3 - Lista de pacotes necessários para esse serviço web SOAP


Após carregar os pacotes e Recompilar o projeto, a IDE gera um arquivo Java com as chamadas para as funções. Esse arquivo é gerado automaticamente, visto que o serviço web pode ter sido desenvolvido em qualquer arquitetura e/ou linguagem de programação. (Figura 4)

Figura 4 - Arquivo gerado para as chamada das funções

Utilizando o serviço importado

Ao abrir/criar um bloco de programação do lado servidor uma nova categoria é inserida com as funções importadas do SOAP. (Figura 5)

Observação

Os nomes da categoria, métodos e parâmetros são os mesmos passados pelo serviço, por isso podem vir abreviados, sem espaços, acentos e cedilhas. Nesse caso é possível utilizar a ferramenta de Internacionalização para alterar esses nomes e deixá-los mais legíveis.

Na Figura 5, podemos ver que foi internacionalizados o nome do método (Informações gerais do País) e do seu parâmetro (Sigla do país), mas não do nome da categoria: CountryInfoService.


Figura 5 - Bloco que faz consulta do SOAP e alimenta os campos de uma página


No exemplo, informamos a sigla do país no bloco "Informações gerais do País" (fullCountryInfo) da API e filtramos pelo nome da capital e o seu código DDI. (Figura 5)

O retorno dessa função é o XML informado abaixo. Nesse exemplo pesquisamos pelo Brasil "BR", utilizamos o bloco "Obter campo do Objeto", passando o XML obtido e informando o caminho do XML que possui a informação.


Retorno do serviço
<?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?>
<soap:Envelope xmlns:soap="http://schemas.xmlsoap.org/soap/envelope/">
  <soap:Body>
    <m:FullCountryInfoResponse xmlns:m="http://www.oorsprong.org/websamples.countryinfo">
      <m:FullCountryInfoResult>
        <m:sISOCode>BR</m:sISOCode>
        <m:sName>Brazil</m:sName>
        <m:sCapitalCity>Brasilia</m:sCapitalCity>
        <m:sPhoneCode>55</m:sPhoneCode>
        <m:sContinentCode>AM</m:sContinentCode>
        <m:sCurrencyISOCode>BRL</m:sCurrencyISOCode>
        <m:sCountryFlag>http://www.oorsprong.org/WebSamples.CountryInfo/Images/Brazil.jpg</m:sCountryFlag>
        <m:Languages>
          <m:tLanguage>
            <m:sISOCode>por</m:sISOCode>
            <m:sName>Portuguese</m:sName>
          </m:tLanguage>
        </m:Languages>
      </m:FullCountryInfoResult>
    </m:FullCountryInfoResponse>
  </soap:Body>
</soap:Envelope>


Na Figura 6 vemos o resultado da consulta.

Figura 6 - Resultado do exemplo 



Nesta página

 

  • No labels