Versions Compared

Key

  • This line was added.
  • This line was removed.
  • Formatting was changed.


Idéias inovadoras não se limitam as fronteiras de um país ou região, por isso é necessário que seja oferecido suporte para internacionalização em algum momento da construção de um software. O Cronapp possui um ambiente de internacionalização que tem a função de facilitar e automatizar traduções de palavras chaves da sua aplicação, deixando seu sistema preparado para mudanças de idiomas. 

Chave de internacionalização

A funcionalidade chave de internacionalização pode ser acessada pelo menu Projeto. Existem três categorias de chaves de internacionalização: cliente, servidor e mobile.

Figura 1 - Acessando chave de internacionalização


Os arquivos de internacionalização podem ser encontrados nas pastas i18n de cada ambiente: servidor, cliente web e mobile.

Figura 2 - Ambiente de internacionalização

  1. Tradução automática;
  2. Campo de seleção do idioma;
  3. Novo idioma: Adiciona um novo idioma;
  4. Importar da Cronapi: pesquisa por chaves de internacionalização no ambiente selecionado (web, mobile ou servidor);
  5. Campo de pesquisa;
  6. Lista de chaves;
  7. Campo para adicionar uma nova chave.
  8. visualiza as chaves através da interface ou via texto: JSON (web ou mobile) ou properties (servidor);
  9. Área de inserção dos valores (idiomas selecionados) das chaves;

Remover e Renomear uma chave

Clicando com o botão direito na chave, você pode fazer duas ações: remover ou renomear uma chave. 

Figura 3 - Remover e Renomear uma chave

Adicionando um novo idioma

Ao selecionar novo idioma, um novo campo aparecerá na área de tradução, permitindo a tradução automática ou manual.

Figura 4 - Tradução para o idioma adicionado

Arquivos de internacionalização

Ao salvar a internacionalização com um novo idioma, um novo arquivo será criado no diretório I18n (a figura 5 mostra os diretórios de internacionalização do lado servidor, mobile ou cliente) com seu nome especificando qual idioma. Após realizar essas alterações sua aplicação estará pronta para ser executada no idioma conforme o configurado no seu browser. 

Figura 5 - Caminho de cada categoria para os arquivos de internacionalização


  • Servidor: suas chaves de internacionalização se encontram em arquivos properties, dentro da pasta i18n do código fonte servidor.
  • Mobile: suas chaves de internacionalização se encontram em arquivos json, dentro da pasta i18n do código fonte mobile.
  • Cliente: suas chaves de internacionalização se encontram em arquivos json, dentro da pasta i18n do código fonte web.

Arquivos de internacionalização

Os arquivos para código fonte web código fonte mobile são do tipo json, enquanto o código fonte servidor o arquivo é do tipo properties.

Figura 6 - Conteúdo do arquivo para código fonte servidor no idioma português

 

Figura 7 - Conteúdo do arquivo para código fonte web no idioma português

Panel
titleNesta página

Table of Contents