Blog

Blog

Cronapp BPMN

O Cronapp BPMN é uma estrutura baseada em Java que suporta BPMN para fluxo de trabalho e automação de processos. Essa Funcionalidade está dividida em 3 partes:

Mecanismo de processo

O mecanismo de processo é uma biblioteca Java responsável pela execução de processos e fluxos de trabalho do BPMN 2.0. Ele possui um núcleo POJO leve e usa um banco de dados relacional para persistência.

Modelador

Ferramenta de modelagem para workflows compatíveis com BPMN 2.0

Aplicações WEB

API REST

A API REST permite que você use o mecanismo de processo de um aplicativo remoto ou JavaScript.

Tasklist

É um aplicativo da Web para gerenciamento de fluxo de trabalho humano e tarefas do usuário, permite aos participantes do processo inspecionar suas tarefas de fluxo de trabalho e navegar de formulários de tarefas para trabalhar nas tarefas e fornecer entrada de dados.

Cockpit

Um aplicativo da Web para monitoramento e operações de processos que permite procurar instâncias de processos, inspecionar seu estado e reparar instâncias quebradas.

Admin

Um aplicativo da web que permite gerenciar usuários, grupos e autorizações.



QAIBT-1302

Novo Bloco "Abrir URL dentro do app"

Foi implementada uma nova função de bloco Abrir URL dentro do app para abrir páginas dentro das aplicações mobile. 


Figura 1. A nova função de bloco Abrir URL dentro do app encontra-se dentro da categoria Dispositivos Móveis


Figura 2. Exemplo de funcionamento




QAIBT-1548

Página a ser modificada:
Blocos Exclusivos Mobile

Apesar do Cronapp reduzir a complexidade do desenvolvimento, é importante observar as boas práticas na implementação de aplicações modernas, a fim de deixar seu sistema ainda mais limpo, eficaz, bem programado e rápido.

Para isso, criamos um material com diversas dicas para ajudá-lo no desenvolvimento do seu projeto.

Acesse esse conteúdo em Manual de Boas Práticas.


Adicionadas novas opções para customização de Templates da lista avançada: Template Principal e Barra de Pesquisa. A implementação dará ao usuário maior liberdade na hora de customizar os estilos da lista avançada.


Figuras 1 e 2 - Abas Template principal e Barra de Pesquisa.

Configurações do template

Alguns pontos importantes a ser considerados na hora de customizar uma nova estrutura:

Seletores:

  • <ion-list>: contêiner principal da lista avançada.
  • <ion-item>: items que irão compor a lista avançada.
    • Para exibir itens repetidos baseados em um datasource deve-se colocar o atributo ng-repeat="rowData in datasource"
  • <ion-infinite-scroll>: gera o scroll infinito da lista avançada.

Classes CSS Utilitárias para <ion-item>:

  • item: classe principal para o componente.
  • item-avatar-left item-avatar-right:  classes que permitem customizar itens com avatar e sua posição na tela (esquerda/direita).
  • item-thumbnail-left item-thumbnail-right:  classes que permitem customizar itens com thumbnail e sua posição na tela (esquerda/direita).
  • item-icon-leftitem-icon-right:  classes que permitem customizar itens com ícone e sua posição na tela (esquerda/direita).
  • item-complex item-right-editable:  classes que permitem customizar botões em uma lista com swipe e sua posição na tela (esquerda/direita).

Exemplo de lista personalizada:


Figuras 3 e 4 - Exemplo de template configurado para exibir diferentes itens e seu resultado


Obs.: 

  • O template terá sempre máxima prioridade em relação aos parâmetros da lista avançada.
  • Para as imagens ficarem com o estilo correto, deve se colocar a tag <img> sendo o primeiro item dentro do <ion-item>
  • Os botões de comando (Editar/Excluir) não são gerados via template. Eles são personalizáveis através da aba Colunas na janela de configurações do componente.



QAIBT-2147

Página a ser modificada:

Lista Avançada (mobile)

Função de Compactar Arquivos

Nova função que permite compactar arquivos, passando uma lista de arquivos em uma pasta.

O arquivo sairá na mesma pasta, com o nome definido no campo Nome do arquivo compactado.



QAIBT-2163

Página a ser modificada:

Arquivo


O componente mobile lista avançada traz novas opções:

  1. Um botão que permite limpar os campos selecionados (Funciona apenas em modo multiseleção, quando há mais de um item selecionado);
  2. Um novo layout para a barra de pesquisa;
  3. Novos estilos low-code para customização.


Figura 1 - Novo layout da barra de pesquisa e botão de limpar selação


Figura 2 - Novos estilos para o componente


Figura 3 -  Resultado da aplicação de estilos ao rodar a aplicação


Página a ser modificada:

Lista Avançada (mobile);

Estilização de componentes - CSS

Trabalhar com data e hora em sistemas modernos requer entender completamente o uso de fuso horários, para isso disponibilizamos um tutorial explicando detalhadamente o uso de datas e horas com Cronapp. Acesse:

Entendendo o funcionamento dos tipos data e hora


Novas funções que substituem, inclusive com o uso de expressões regulares, uma sequência de caracteres de um texto.

Modulo Servidor

  • Um exemplo usando novo bloco de substituir:


  • Resultado após a execução do bloco:


Modulo Cliente

  • Um exemplo usando novo bloco de substituir:


  • Resultado após a execução do bloco:


Ao selecionar os blocos do modulo Servidor e/ou modulo Cliente, tem os valores iniciais cujo servirá para utilizar os mesmos.

QAIBT-2089

A partir de agora, qualquer propriedade do editor html poderá definir uma máscara ao seu valor (constante, campo, bloco e etc).

     



Página a ser modificada:

Formatação de máscaras para campos de texto

O Cronapp agora permite aplicar todos os parâmetros de uma requisição a uma fonte de dados a uma consulta usada com a função Abrir Consulta.


O Cronapp permite uso de um bloco como fonte de dados. Quando usamos isso, na grande maioria das vezes, o intuito é usar uma consulta com a função Abrir Consulta. Nas versões anteriores existia uma opção chamada Paginação Automática. Essa opção aplicava os dados de paginação da requisição da fonte de dados à consulta. O Cronapp evoluiu essa opção que passou a se chamar Aplicar Dados da Requisição. Essa opção agora aplica paginação, ordenação, filtros e qualquer outro dado da requisição ODATA à consulta. Com isso, todas as operações de interface serão enviadas à consulta e buscas, ordenações etc passam a funcionar com Fonte de Dados com Bloco de Programação.




Página a ser modificada:

Abrir consulta

Permite habilitar paginação com limit e offset na função Abrir Consulta do Bloco de programação.


Para definir o limite, clique na opção Habilitar Paginação:


Após habilitar, colocar o valor no bloco:




QAIBT-1526

Página a ser modificada:

Bloco de programação

Uma nova opção foi adicionada à tela de "Novo Projeto" que permite criar um projeto a partir de um arquivo .zip.



Página a ser modificada:

Criar novo projeto

Criando novo projeto

Criado suporte a edição de estilos inline de qualquer elemento HTML:

Permitir especificar unidades de medidas (%, pt, px) no editor de estilos.

Ex: definir largura de 25%;




QAIBT-2152

Página a ser modificada:

Estilização de componentes - CSS


Qualquer componente do editor html tem agora uma propriedade chamada "Repetir". Essa propriedade recebe uma Fonte de Dados e vai repetir o elemento com a quantidade de registros que a fonte de dados tiver. Todo escopo será da fonte de dados escolhida, ou seja, podemos escolher valores de campos da fonte para repetir. Vejam o vídeo.

propriedadeRepetir.mp4




Página a ser modificada:

Editor de views

Nova função (Servidor) que gera log da aplicação de acordo com a configuração em arquivos ou na saída do console. Por padrão, o log é exibido na saída do console. 

Parâmetros:

  1. Categoria: Chave de referência dessa mensagem de log. Normalmente é o nome do bloco.
  2. Nível de Log: Determina até que nível de log poderá ser gerado. Se estiver abaixo do determinado nas configurações, o sistema não vai gerar.
    Valores:
    • Informação (loga por padrão);
    • Refinado Baixo;
    • Refinado Médio;
    • Refinado Alto;
    • Erro (loga por padrão);
    • Aviso (loga por padrão) e
    • Configuração.
  3. Mensagem de log: Texto que deseja exibir junto com o log.
  4. Detalhe de log: Pode ser um texto ou um objeto de exceção (erro).

Exemplo 1:


Saída exemplo 1:


Exemplo 2:


Saída exemplo 2:


Para configurar os níveis de log da aplicação, clique em parâmetros do sistema no menu projeto, clique em novo e efetue a configuração como segue: