Versions Compared

Key

  • This line was added.
  • This line was removed.
  • Formatting was changed.

Conflitos de Git podem ocorrer em diversos momentos ao tentar unir duas alterações diferentes de um mesmo arquivo. Por exemplo, aplicar um pull entre os repositórios remoto e local ou por merge entre duas branchs.

Se seu projeto foi criado na versão 2.7.x do Cronapp e o arquivo .gitignore não estiver configurado corretamente, é possível que alguns conflitos ocorram ao aplicar merge entre branchsProjetos web e mobile possuem o diretório node_modules, essa pasta possui milhares de arquivos e é utilizada pelo Cronapp para armazenar diversas bibliotecas necessárias apenas durante o período de desenvolvimento do seu projeto. Por isso, recomendamos não versionar esse diretório em seu repositório remoto Git, afim de melhorar o desempenho ao usar e recompilar o seu projeto e evitar manter conteúdos desnecessários em seu repositório remoto.


Veremos como solucionar problema de conflito nas seguintes situações:


Caso queira saber como verificar se o diretório node_modules do seu projeto está configurado corretamente no .gitignore, acesse diretamente o subtópico Ignorar arquivos do node_modules.

Pré-requisitos

Antes de começar os passos, é necessário seguir os requisitos abaixo:

Conflitos em merge

A forma de como resolver um conflito de merge será diferente em um arquivo do seu projeto e arquivos de biblioteca (pasta node_modules). Assim que o conflito ocorrer, os arquivos e seus diretórios pais ficam destacados em vermelho e uma mensagem de erro é exibida (Figura 1.1).


Figura 1.1 - Conflito em arquivos de bibliotecas

Âncora
arquivos-projeto
arquivos-projeto

Caso 1: Arquivos do projeto

Conflito em arquivos do projeto, exemplo formulários (*.view.html), blocos de programação (*.blockly), diagramas (*.umlcd) e outros, devem ser resolvidos manualmente. Ou seja, acesse o arquivo em conflito para abrir a janela de conflitos e decidir qual conteúdo será persistido (Figura 1.2).


Figura 1.2 - Corrigindo conflitos em arquivos do projeto


Para mais detalhes, acesse o tópico Janela de revisões em Versionamento usando Git.


Âncora
arquivos-biblioteca
arquivos-biblioteca

Caso 2: Arquivos de bibliotecas

Quando o conflito ocorrer em arquivos de bibliotecas (pasta node_modules), será necessário realizar alguns passos a mais. Nesse processo serão perdidas todas as alterações feitas desde o último commit.

Primeiro, vamos acessar o terminal e executar 2 comandos Git (Figura 1.3).

O comando a seguir tem o objetivo de tirar o repositório local do estado de merge, atualmente em conflito. (documentação)

Bloco de código
languagebash
$ git merge --abort


Vamos executar o comando abaixo para retornar o repositório local ao ponto do último commit. (documentação)

Bloco de código
languagebash
$ git reset --hard


Figura 1.3 - Comandos Git


Em seguida vamos executar o npm para obter e atualizar todas as bibliotecas dos projetos web e mobile (Figura 1.4).

Os comandos abaixo acessam o diretório node_modules web e instala o npm.

Bloco de código
languagebash
$ cd src/main/webapp/node_modules/
$ npm i


Figura 1.4 - instalando o npm


Os comandos abaixo acessam o diretório node_modules mobile e instala o npm como fizemos no projeto web acima (Figura 1.4)

Bloco de código
languagebash
$ cd ~/project/src/main/mobileapp/www/node_modules/
$ npm i

Âncora
ignorar_node_modules
ignorar_node_modules

Ignorar arquivos do node_modules

Em projetos criados após a versão 2.8 do Cronapp, esse diretório já vem listado no arquivo .gitignore e qualquer atualização dentro do diretório node_modules é automaticamente desconsiderada ao realizar as ações de commit e push do Git. Porém, se esse arquivo não estiver configurado corretamente, alguns conflitos podem surgir ao realizar comandos de pull ou merge.

Para verificar se a configuração está correta, habilite a opção Modo Avançado, abra o arquivo .gitignore na raiz do projeto (destaque 1 da figura 1.5) e verifique se possui o termo "node_modules" (2). Caso não possua o termo "node_modules", adicione-o na última linha (2 da figura 1.5) e salve em seguida (para mais detalhes sobre o gitignore, acesse a sua documentação). Após isso, faça um commit e push do seu projeto.


Figura 1.5 - Ignorando os diretórios node_modules nos projetos mobile e web 


Nota

O termo node_modules não deve estar acompanhado de caracteres, por exemplo "**/node_modules/**" ou "node_modules/**", caso esteja, retire os caracteres.


Após os passos acima, os diretórios node_modules do projeto web (Endereço: src/main/mobileapp/www/) e do projeto mobile (Endereço: src/main/webapp/serão exibidos em cinza (destaque 1 da Figura 1.6), informando que não serão mais rastreados pelo Git.


Figura 1.6 - Diretório não rastreado pelo Git


Caso já tenha feito o push do diretório node_modules para o seu repositório remoto Git, recomendamos excluir esses diretórios diretamente por lá.

Dependendo do serviço Git em que seu projeto está hospedado, o processo para excluir o diretório pode variar um pouco. No GitHub, basta acessar o diretório, clicar o botão "..." (destaque 1 da figura 1.7), selecionar a opção Delete directory e realizar o commit pelo site.


Figura 1.7 - Deletando um diretório em um repositório remoto

Recomendamos acessar a documentação do seu servidor Git para mais detalhes.


Para os servidores Git que não possuem em seu ambiente visual uma opção para deletar um diretório do seu repositório remoto, será necessário executar comandos Git. Acesse o Terminal (destaque 1 da figura 2.8) e informe os comandos abaixo para remover todos os arquivos da pasta node_modules (web e mobile) no índice da árvore de arquivos Git, o conteúdo local não será afetado. Acesse a documentação oficial para mais detalhes sobre o comando git rm.


Bloco de código
languagebash
$ git rm -r --cache src/main/mobileapp/www/node_modules
$ git rm -r --cache src/main/webapp/node_modules


Image Added

Figura 1.8 - Removendo os índices dos arquivos da pasta node_modules do projeto web


Finalizada a execução dos 2 comandos, acesse a janela de Commit (menu de contexto Equipe > Commit ) e verifique que agora possui milhares de arquivos que serão removidos do repositório remoto (destaque 1 da figura 1.9). Informe uma mensagem e execute o Commit / Push.


Image Added

Figura 1.9 - Executando o commit e push das últimas alterações

Âncora
arvore-suja
arvore-suja

Caso 3: Erro de árvore suja

Esse problema pode ocorrer por diversas razões e caso ocorra com você, recomendamos que entre em contato com o nosso suporte para melhor orientação (Figura 1.810).


Figura 1.8 10 - Erro de árvore de trabalho suja

Nesta página

Índice


Conteúdo complementar