Page tree
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

O conteúdo a seguir apresenta as primeiras ações que devemos tomar quando o sistema passar por algum problema, mostraremos como analisar, identificar e solucionar problemas comuns.

Análise

Ações como Parar Iniciar ou Reconstruir o serviço podem resolver problemas pontuais, caso não resolva, será necessário diagnosticar.

Monitoramento de atividades

Os serviços de Publicação, Banco de dados e Armazenamento possuem gráficos de monitoramentos de suas atividades, dessa forma é possível fazer o controle e analisar se os recursos alocados (quantidade de instâncias e memória) são suficientes para atender a demanda de requisições ou se o sistema está trabalhando no limite, necessitando aumento de recurso. 

É recomendável que a quantidade de instâncias e memória selecionadas sejam suficientes para executar seu sistema sob carga, evitando lentidões, mas que não fique ocioso na maior parte do tempo, gerando custos desnecessário, por isso a importância do monitoramento.

Os gráficos de monitoramento permitem identificar, com pouca precisão, o período no qual o sistema passou por um comportamento inesperado, facilitando a buscas desse problema nos arquivos de logs.

Para abrir a janela de monitoramento, clique no ícone ao final da linha do item na lista (Armazenamento) ou através do menu de opções (Aplicações e Banco de dados).

As publicações possuem duas janelas de monitoramento com objetivos distintos: a primeira é referente ao contêiner da publicação e pode ser acessado através da opção Monitoramento no menu de opções da publicação, enquanto a segunda janela monitora a instância selecionada, para acessar, selecione a opção Editar no menu de opções (item 3 da figura 1.1), abra a aba Instâncias da janela de Configuração (item 4 da figura 1.1) e clique no botão de monitoramento ao final da linha da instância (5 da figura 1.1).


Figura 1.1 - Acesso a janela de monitoramento das instâncias da publicação


O Conteúdo monitorado varia de acordo ao serviço, acesse os links a seguir para ver a descrição de cada gráfico: publicação, instância da publicaçãobanco de dadosarmazenamento.

Acesso aos logs

Antes de acessar os arquivos de logs propriamente, verifique comportamentos anormais na janela de resumos das atividades do servidor, dessa forma é possível identificar o dia e horário que o problema ocorreu, facilitando a localização detalhada do problema nos arquivos de log. Para acessar, clique no menu de opções (item 2 da figura 1.2), selecione Logs (item 3 da figura 1.2) para abrir sua janela e acesse a aba Geral (item 4 da figura 1.2), exibindo o resumo do que ocorreu no sistema, com data-hora e nível.


Figura 1.2 - Resumo das atividades do servidor

Níveis

Quanto menor o nível, mais detalhado será a apresentação do problema. O nível SEVERE apresentará somente os erros críticos (contendo pouquíssimas informações), já o FINEST apresentará todos os erros de forma bem detalhada. Veja abaixo a tabela de níveis e suas definições.


Nível (Level)

Conteúdo do log

SEVERE

Falhas graves

WARNING

Potenciais problemas

INFO

Mensagens informativas

CONFIG

Mensagens de configurações estáticas

FINE

Mensagem de rastreamento

FINER

Mensagem de rastreamento detalhada

FINEST (ALL)

Mensagem de rastreamento altamente detalhada

Tabela 1 - Leveis e suas definições

Saúde do sistema

Constantemente o ambiente do servidor web passa por validações automáticas e dependendo do número de problemas encontrados, o seu "status de saúde" que é representado por cores, pode variar. Essas alterações de status podem ser visualizadas na aba Geral (figura 1.3) da janela de Logs com o termo "Environment health has transitioned from <cor1> to <cor2>", sinalizando que o status mudou de uma cor para outra. O significado das cores está representado na tabela 2.

CorDescrição
GreySeu ambiente está sendo atualizado.
GreenSeu ambiente passou na verificação de integridade mais recente. Pelo menos uma instância em seu ambiente está disponível e recebendo solicitações.
YellowSeu ambiente falhou em uma ou mais verificações de integridade. Algumas solicitações para o seu ambiente estão falhando.
RedSeu ambiente falhou em três ou mais verificações de integridade ou um recurso do ambiente ficou indisponível. Os pedidos estão constantemente falhando.

Tabela 2 - Descrição das cores relativas à saúde do sistema

Arquivos de Log

Existem 5 tipos de arquivos de logs e 4 deles são gerados diariamente e renomeado com tipo e data, exemplo: host_manager.2020-02-02. Novos arquivos são gerados a partir da 0h, horário do servidor. 

Para acessar os dados gerados pelos logs de uma publicação, clique no menu de opções (item 2 da figura 1.3) e selecione Logs (item 3 da figura 1.2) para abrir sua janela. Na aba Arquivos de Log (item 4 da figura 1.2) é possível visualizar os arquivos gerado por cada instância selecionada no campo Instâncias (item 5 da figura 1.3). Ao final de cada arquivo de log possui os ícones: ver log via terminal e fazer download do log

Para arquivos extensos é recomendável baixar e visualizá-lo localmente, já que terminais costumam limitar o conteúdo de arquivos longos.


Figura 1.3 - Lista dos arquivos de logs de uma das instâncias

Os arquivos são:

  • saída (catalina.out): arquivo de log do contêiner;
  • catalina.YYYY-MM-DD.log: registra as atividades do servidor e as saídas da aplicação;
  • localhost.YYYY-MM-DD.log: arquivo de log para rastrear a atividade de aplicativos da Web, contém alguns dados gerados pelo Tomcat;
  • localhost_access.YYYY-MM-DD.log: registras todas as requisições processadas pelo servidor;
  • manager.YYYY-MM-DD.log: arquivo alimentado exclusivamente pelo gerenciador do Tomcat.

Solução de problemas

Abaixo temos uma lista de possíveis problemas e como solucioná-los.

Erro 500 e 503 Service Unavailable

Causas possíveisSugestão de solução
Problemas com o código da aplicação

Rever as páginas da aplicação, para identificar a causa do problema.

Servidor com desempenho comprometido

Aumentar os recursos do servidor ou aumentar o número de instâncias.

Aplicação recebendo muito tráfego

Verifique os gráficos dos recursos de CPU, memória e rede, considere aumentar o recurso ou número de instâncias se o problema for frequente.

Erro 404 Not Found

Causas possíveisSugestão de solução
URL (domínio) digitado incorretamente

Limpeza de cache do navegador, verifique o domínio e a extensão (.io) se correspondem com o endereço da sua aplicação.

Servidor instávelVerifique os gráficos dos recursos de CPU, memória e rede, considere aumentar o recurso ou número de instâncias se o problema for frequente.

Aplicação inacessível

Causas possíveisSugestão de solução
Uso intenso de CPU

Aumentar a quantidade de instâncias ou mudar o tipo de instância

Memória insuficiente

Aumentar quantidade de instâncias disponíveis ou aumentar os recursos da aplicação por mudar o tipo de instância

Lentidão da aplicação

Causas possíveisSugestão de solução
Uso intenso de CPU

Aumentar quantidade de instâncias disponíveis ou aumentar os recursos da aplicação por mudar o tipo de instância.

Muita escrita em disco

Melhorar a lógica da aplicação para que as escritas de discos sejam menos intensa.

Uso intenso de memória

Aumentar quantidade de instâncias disponíveis ou aumentar os recursos da aplicação por mudar o tipo de instância.

Timeout na aplicação

Verifique quais recursos sua aplicação usa na requisição feita e verifique se há sobrecarga neles ou indisponibilidade.

Banco de dados sobrecarregadoAumentar quantidade de instâncias de banco de dados disponíveis ou otimizar a arquitetura da aplicação para fazer menos interação com o banco de dados.

Nessa página

  • No labels