Page tree
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

A janela Configurações do Projeto visualizar informações e alterar diversas propriedades do sistema, como controle de versão, segurança e acesso. 


Figura 1 - Acesso à janela de Configurações do Projeto


A janela pode ser acessada por três caminhos (Figura 1):

  1. Menu do sistema Projeto > Configurações;
  2. Opção Configurações do menu de contexto na raiz da árvore de arquivos;
  3. Em app.config dentro do diretório config na árvore de arquivos.


As abas Geral e Configurações do Projeto sempre serão exibidas, já as demais abas, só aparecerão a depender de determinadas configurações.

Aba Geral

Exibe diversas informações sobre o sistema e seu criador, além do Perfil do Banco de dados. (Figura 1)

Caso você entre em contato com o nosso suporte, os campos de ID's (Projeto, Cópia de trabalho, Usuário e Contratos) podem ser requisitados para facilitar a análise de possíveis problemas.
  • Nome do Projeto: permite alterar o nome do projeto.
  • Backup Automático: permite que o Cronapp crie backups automáticos do seu projeto. Para maiores informações, acesse Backup Cronapp.
  • Data de Criação do Projeto.
  • ID do Projeto: identificador do seu projeto na estrutura interna do Cronapp.
  • ID Cópia de Trabalho: identificador da cópia de trabalho do projeto na estrutura interna do Cronapp.
  • Tipo do Projeto: pode ser web ou mobile.
    • Web: projeto não possui módulo mobile;
    • Mobile: projeto contém módulo mobile e pode ou não conter módulo web.
  • Administrador: nome do criador do projeto.
  • ID do Usuário: identificador do criador do projeto. 
  • ID do Contrato: identificador do contrato Cronapp.
  • Perfil: define o perfil padrão do banco de dados ao debugar ou rodar o projeto.

Aba Configurações do Projeto

Permite realizar diversas configurações relacionadas a segurança do projeto.


Figura 2 - Aba Configurações do Projeto


  • Expor Metadados: permite obter os metadatas OData do sistema através do endereço
    <URL do sistema>/api/cronapi/odata/v2/app/$metadata
    • É possível restringir o acesso aos metadados através do ícone cadeado no final do campo.
  • Expor Entidades: permite obter os dados diretamente das entidades através do endereço
     <URL do sistema>/api/cronapi/odata/v2/app/<Entidade>

    • É possível restringir o acesso as consultas das entidades através do ícone cadeado no final do campo.

      Como informado no tópico "Uso de entidades vs fonte de dados" do Manual de Boas Práticas, essa opção não é recomendada.

  • Exibir Chaves Compostas: a fonte de dados concatena todas as primary keys de entidades com chaves compostas no atributo "_objectKey", dessa forma é possível trabalhar com uma única chave primária: <chave1>~<chave2>~<chaveN>
    • ativado: utiliza todas as chaves primárias, afim de manter a compatibilidade com projetos das versões antigas do Cronapp;
    • desativado: utiliza o atributo "_objectKey".
  • Adicionar Campos de Pesquisaexibe um campo display da classe relacionada.
    Por exemplo: Ao listar a entidade que possui a chave estrangeira de um relacionamento 1 para N (pessoa - telefone), os campos apresentados serão:
    • ativado: telefone(id, numero, pessoa, pessoa_nome), o campo pessoa possui a chave estrangeira e pessoa_nome o display; 
    • desativado: telefone(id, numero, pessoa), o campo pessoa possui a chave estrangeira e não existe campo display; 
  • GUID: chave única de autenticação para do sistema. 
  • Token: token de autenticação da aplicação.

    Observação

    Tanto o campo GUID quanto o Token permitem, por exemplo, que um usuário possa fazer uma única autenticação para dois sistemas distintos.

  • Expiração do Token (segundos): tempo que o token ficará ativo.
  • Converter Fuso Horário do Cliente: permite salvar data e hora em banco a partir do fuso horário do cliente. acesse Entendendo o funcionamento dos tipos data e hora para maiores informações.
  • Fuso Horário: define o fuso horário do sistema. Acesse Entendendo o funcionamento dos tipos data e hora para maiores informações.
  • Recaptcha: chave recaptcha para validação do lado servidor. Acesse Captcha para maiores informações.
  • Autenticação: define o tipo de autenticação da aplicação.
    • Nenhuma;
    • Sessão; autenticação via sessão no servidor da aplicação;
    • Token; autenticação via jwt;
    • Active Directory: clique aqui para mais detalhes.
    • LDAP: clique aqui para mais detalhes.
    • SSO (Oauth2): clique aqui para mais detalhes.
    • SAML: clique aqui para mais detalhes.
  • Login por Redes Sociais: essa opção só é permitida para as autenticações do tipo Sessão e Token, e quando selecionado exibe a aba "Redes Sociais" na janela de Configurações do Projeto.
  • Autenticação Mútua (Certificado Digital): essa opção só é permitida para as autenticações do tipo Sessão e Token. Acesse Autenticação mútua (certificado digital) para maiores informações.

Os campos abaixo são exibidos apenas nas autenticações Active Directory e LDAP.

  • Domínio Padrão: domínio padrão do servidor. Exemplo: minhaempresa.local.
  • Servidor LDAP: (ou Active Directory) ip ou host do servidor. Exemplo: 192.168.1.1.
  • Grupo: restringe o acesso a um grupo específico do AD / LDAP. Clique aqui para mais detalhes.
  • Inscrição Automática: quando ativado, caso o usuário não esteja registrado na base interna da aplicação, o mecanismo de logon irá inclui-lo automaticamente após sua autenticação no Active Directory/LDAP.

Aba Controle de versão

A aba só será exibida quando o projeto estiver sob algum controle de versão (Git ou SVN). 


Figura 3 - Aba Controle de versão


Com exceção do campo URL do Repositório, todos os outros campos permitem atualizações.

  • URL do Repositório: endereço informado ao exportar projeto.
  • Usuário do sistema de versionamento. 
  • Senha do sistema de versionamento.
  • Nome do Autor na assinatura do commit.
  • Email do Autor na assinatura do commit.

Aba Redes Sociais

A aba só será exibida se a opção Login por Redes Sociais estiver ativa na aba Configurações do Projeto. Ela permite configurar o sign-up por login social para usuários com contas ativas no Cronapp e nas seguintes redes sociais: Facebook, Github, Linkedin e Google.

É necessário acessar a área de desenvolvedor de cada rede social e configurar a sua aplicação. Para mais detalhes, acesso o tutorial Login por redes sociais.


Figura 4 - Aba Redes Sociais


  • Checkbox Inscrição Automática: faz o cadastro automático durante o primeiro login social.

Colunas:

  • Checkbox Rede social: define quais redes sociais poderão autenticar na sua aplicação;
    • Ao ativar a opção Cronapp, 
  • ID da Aplicação: o ID de autorização é obtido após cadastrar sua aplicação na área de desenvolvedor da rede social.
  • Segredo da Aplicação: a chave secreta de autorização é obtida após cadastrar sua aplicação na área de desenvolvedor da rede social.

Aba Configurações da Autenticação

A aba só será exibida se a opção "SSO (Oauth2)" ou "SAML" estiver selecionada no campo Autenticação na aba Configurações do Projeto. Ela permite adicionar as informações necessárias do provedor SSO.


Figura 5 - Aba Configurações de Autenticação


  • ID do Cliente: O ID do cliente encontrado nas configurações do provedor de autenticação SSO.
  • Segredo do Cliente: O segredo do cliente encontrado nas configurações do provedor de autenticação SSO.
  • URI do Token de Acesso: URI do provedor OAuth que fornece o token de acesso para a aplicação.
  • URI de Autorização do Usuário: URI para o qual o usuário será redirecionado, se for necessário, para autorizar o acesso ao recurso.
  • URI de Informações do Usuário: URI para obter detalhes atuais do usuário.


Nessa página